O que torna um homem renascentista?

O que torna um homem renascentista?

O que torna um homem renascentista?

O termo homem da renascença refere-se aos grandes pensadores ao longo da história, cujos avanços em uma infinidade de áreas ajudaram a moldar a humanidade moderna. Suas contribuições em disciplinas como artes, literatura, engenharia, matemática, filosofia, teologia e outras disciplinas que impulsionaram o valor do homem são incomparáveis ​​e podem ser vistas em toda a sociedade moderna. Para entender por que o período da Renascença ficou vinculado a pessoas com tal distinção, devemos primeiro olhar para o mundo até e depois durante esse período, bem como as pessoas específicas daquela época e suas muitas contribuições para o nosso mundo.



O mundo antes da Renascença

homem renascentista

Seguindo os desenvolvimentos da história que permitiram o estabelecimento de sociedades, a humanidade foi capaz de buscar empreendimentos mais acadêmicos. Não mais preocupadas em atender às necessidades básicas, as pessoas poderiam, em vez disso, direcionar suas energias para os estudos acadêmicos e as artes. Isso estimulou um período de criatividade conhecido como era clássica, do qual surgiram alguns dos mais importantes estudiosos da história. Intelectuais durante a era clássica, como Sócrates, Platão e Aristóteles, alardeavam a crença de que o homem poderia atingir seu potencial máximo aprendendo o máximo que pudesse sobre o mundo ao seu redor. A era clássica durou até a queda do Império Romano no século 6 d.C. Nessa época, as atividades dos pensadores da era clássica diminuíram e o período que se seguiu foi de grande turbulência, guerra e mudanças políticas e sociais. Esse período ficou conhecido como Idade Média e terminou com o início do Renascimento.



O Nascimento da Renascença

nascimento do homem renascentista Smith Collection / Gado / Getty Images

Embora a Idade Média seja tipicamente considerada como uma cidade com pouco avanço cultural, as mudanças sociais durante aquela época pavimentaram o caminho para uma renovação das atividades acadêmicas. A disseminação do cristianismo que caracterizou a Idade Média levou ao aumento da alfabetização entre as pessoas. Isso, juntamente com a redescoberta de textos pelos antigos estudiosos da era clássica, ajudou a gerar um dos períodos mais dinâmicos da história, o Renascimento.

O que é o Renascimento?

homem renascentista o que foi GraphicaArtis / Getty Images

A era do Renascimento é definida por um crescimento explosivo nas atividades acadêmicas que vão além dos estudos não seculares. Mais uma vez, como na era clássica, estudiosos e estudantes perseguiram a ideia de que o homem poderia atingir seu potencial máximo explorando seu lugar como o centro do universo. Isso incluiu estudos filosóficos e políticos, bem como disciplinas mais criativas, como arquitetura, engenharia, arte e literatura, ciências naturais e matemática. Quanto mais se sabia sobre o maior número possível desses assuntos, mais ele encarnava a verdadeira ideologia da era renascentista.



Onde o Renascimento começou?

homem renascentista começar O coletor de impressão / Imagens Getty

Os estudiosos geralmente concordam que o Renascimento começou na Europa; especificamente, por sua localização e importância política, econômica e cultural, a Itália. A maioria das rotas comerciais incluía a Itália por causa de sua localização geográfica, de modo que o movimento cultural ocorrendo ali rapidamente se disseminou por toda a Europa e, eventualmente, pelo mundo.

Quem eram as pessoas da Renascença?

povo homem renascentista

O que tornou o período do Renascimento tão dinâmico foi o envolvimento de pessoas de todas as classes. A alfabetização havia se expandido para as massas, ao invés de ser limitada aos membros da Igreja, então qualquer pessoa com o desejo de explorar completamente o lugar do homem no universo estava livre para fazê-lo.

Culture Club / Getty Images



A Importância da Renascença

importância do homem renascentista GraphicaArtis / Getty Images

O que tornou o Renascimento tão importante foi a extensão de seu alcance, que pode ser visto em toda a sociedade moderna. Todas as áreas da civilização foram estudadas, e os avanços feitos durante aquele período na abundância de disciplinas criativas e filosóficas nos ajudaram a alcançar nosso atual entendimento e modelo de humanidade.

Renascença Dinâmica, Pessoas Dinâmicas

estudos de pessoas do homem renascentista

Quando olhamos para tudo o que foi alcançado durante o período da Renascença, podemos ver claramente por que os indivíduos cuja busca incessante de conhecimento lhes valeu a distinção de ser um homem da Renascença. Embora as expressões polímata e homem universal sejam usadas em adição ao homem renascentista, todos esses termos caracterizam alguém que pega uma ampla base de conhecimento e a usa para resolver questões específicas da sociedade. Olhando mais de perto alguns dos mais notáveis ​​homens da Renascença, obteremos uma compreensão ainda mais clara do termo e de seu significado.

Culture Club / Getty Images

Leonardo da Vinci

homem renascentista leonardo da vinci

Leonardo da Vinci é provavelmente o mais conhecido de todos os homens da Renascença. Fiel ao espírito da Renascença, Da Vinci era hábil como pintor, filósofo, cientista, matemático, arquiteto e engenheiro. Embora seja mais conhecido por seus esforços artísticos, os desenhos de Leonardo da Vinci de protótipos de várias aeronaves, temas naturais como formações rochosas, características da água e numerosas figuras humanas e uma infinidade de outras invenções e temas, revelam sua engenharia expansiva, científica, matemática e habilidades artísticas. Essa formação completa em tantas disciplinas é o que torna Leonardo da Vinci o principal homem da Renascença.

Montagem de Estoque / Imagens Getty

Michelangelo Buonarroti

homem renascentista Michelangelo Buonarroti Gilardi Photo Library / Getty Images

Michelangelo, outro dos mais conhecidos homens da Renascença, era hábil nas disciplinas de pintura, escultura, arquitetura e literatura. Assim como Leonardo da Vinci, Michelangelo usou sua ampla base de conhecimento para aprofundar a compreensão do homem sobre a condição humana, e suas obras continuam a influenciar artistas de todos os gêneros até hoje. De acordo com a Wikipedia, sua versatilidade artística era de tal calibre que muitas vezes rivaliza com da Vinci como o homem típico da renascença.

Galileu Galiléia

Galileo Galilei homem renascentista

Galileo Galilei, mais um verdadeiro homem do renascimento, enaltece matemático, físico, engenheiro e astrônomo entre suas especialidades. Suas muitas contribuições incluem a descoberta de que a Terra se movia em torno do Sol, o que estava em conflito direto com a teoria da Igreja de que a Terra era o centro do universo. Ele postulou que as leis da natureza são matemáticas, o que o ajudou na descoberta de vários planetas e suas luas. Ele também inventou coisas como a bússola militar, o termômetro e o telescópio refrator. Novamente, o conhecimento diverso que ele tinha é um contribuinte importante para a base da civilização moderna, e a razão pela qual Galileu é uma verdadeira representação do homem renascentista típico.

Arquivo Hulton / Imagens Getty