Explore essas ideias úteis de plantio de bulbos

Explore essas ideias úteis de plantio de bulbos

Explore essas ideias úteis de plantio de bulbos

Plantar bulbos é uma maneira econômica e de baixa manutenção de adicionar beleza e cor ao seu quintal, varanda ou varanda. Se você está com vontade de apimentar sua paisagem exterior, tudo que você precisa são algumas horas dedicadas para decidir o que deseja, preparar a área e plantar.

Em breve, você terá um jardim florido que o levará a uma viagem caleidoscópica pelas estações. Seguir algumas dicas simples o colocará no caminho para essa aventura vívida.



Aprenda antes de fazer

Todas as quatro estações têm opções de cultivo e flores diferentes requerem pontos de partida diferentes. Se você plantar muito cedo ou muito tarde, certos bulbos podem não germinar ou atingir seu potencial máximo. Dedicar alguns minutos para pesquisar o que você tem garantirá uma ótima colheita. Aprender os conceitos básicos de floração ajudará você a decidir como deseja que seu jardim cresça, proporcionando uma riqueza de cores e vida durante grande parte do ano.



Quando plantar

Os bulbos da primavera, como os açafrões e narcisos, são resistentes e requerem uma plantação no outono para passarem por sua dormência de inverno. Geralmente, eles devem estar no solo de setembro até o início de janeiro, dependendo da sua zona de plantio. Quanto mais fria a zona, mais cedo eles precisam ser plantados. Apenas certifique-se de fazê-lo antes da primeira geada.

Bulbos de verão, como lírios e gladíolos, não resistem à geada. Assim que o solo esquentar para a temporada, é hora de plantar. O final de março a junho são os melhores horários, novamente dependendo da zona. O plantio de bulbos de outono e inverno vem depois disso, então consulte sua zona e flor para obter o resultado ideal.

Escolhendo as melhores lâmpadas

Para iniciantes, comece com flores básicas como tulipas, dálias ou jacintos e, em seguida, expanda sua gama quando se sentir confortável. Depois de decidir o que deseja, selecione suas lâmpadas. Os pedidos online são convenientes, mas é bom ver e sentir o que você vai crescer antes de comprar. Os bulbos devem ser firmes, como uma cabeça de alho saudável. Fique longe de qualquer coisa mole ou mofada.



Locais e condições de plantio

Os bulbos podem crescer em vários habitats. De prados e debaixo de árvores a cercados e até vasos, eles estão dispostos a brotar em qualquer lugar, desde que as condições sejam adequadas. Eles requerem um solo bem drenado, um pouco solto e arenoso, pois isso evita o apodrecimento ao mesmo tempo que fornece nutrientes.

Muita luz solar é uma obrigação se você deseja que as plantas perenes durem. Em áreas sombreadas, eles não vão reunir energia suficiente para florescer no próximo ano.

Projeto paisagístico

Depois de descobrir onde plantar, determine como plantar. É aqui que sua criatividade entra em ação. Você quer uma mistura colorida ou prefere agrupar as variedades? Suas lâmpadas serão misturadas com enchimentos como moedor empoeirado ou amores-perfeitos, ou você deve enfatizar o minimalismo? Para obter os melhores resultados, mapeie seu layout antes de plantar.

Preparação do solo

Antes de plantar, é preciso preparar o solo. Certifique-se de que está limpo, nivelado e livre de outras incrustações. Areje-o com ferramentas de jardinagem ou com as mãos a uma profundidade de cerca de 25 centímetros e, em seguida, adicione um pouco de composto. Misture bem para que seus bulbos tenham um suprimento contínuo de nutrientes, enquanto mantém uma área livre para crescimento de raízes e drenagem de água.

Adicionar fertilizante de bulbo específico está certo, mas não é necessário se o solo tiver nutrientes orgânicos suficientes.



Plantio no solo

Como regra geral, as lâmpadas devem ser colocadas duas a três vezes mais profundas do que sua altura. As ferramentas de plantio de bulbos são altamente recomendadas quando se trata de jardinagem de alto volume. Para trabalhos menores, eles são convenientes, mas uma espátula manual funciona igualmente bem.

Coloque a lâmpada em seu orifício com a ponta voltada para o céu; isso parece óbvio, mas às vezes é mais fácil falar do que fazer. Mesmo se eles terminarem de lado, eles ainda devem estar bem. Em seguida, cubra o buraco, adicione uma fina camada de cobertura morta se desejar e certifique-se de regá-los bem.

Vasos de plantas

Plantar bulbos em vasos oferece muito potencial para aqueles com pouca ou nenhuma área de terra. Contanto que você tenha vasos de tamanho considerável com profundidade e drenagem adequadas, você pode criar uma obra-prima de um arranjo.

A estratificação, também chamada de método da lasanha, é uma ótima opção que lhe dará uma cor incrível por meses. Comece com o início tardio. Coloque-os a uma profundidade de cerca de 20 centímetros. Adicione vários centímetros de solo e plante outra fileira. Continue fazendo isso, fazendo a transição para que os primeiros bloomers fiquem no topo. Cubra-os com terra e cobertura vegetal opcional e regue até que o solo fique úmido.

Outros métodos de plantio

O método da lasanha funciona igualmente bem com o plantio no solo e em canteiro elevado. Mas se você gosta de um visual limpo e organizado, cresça do grande para o pequeno. Coloque as plantas maiores na parte de trás para obter uma bela exibição em camadas.

A dispersão aleatória, onde você joga as lâmpadas no chão e as planta onde elas caem, é uma opção divertida e eclética. Além disso, plantá-los na grama funciona apenas levantando um quadrado de grama e colocando o bulbo embaixo. O espaçamento não é um grande fator determinante com lâmpadas.

Manutenção de rotina

Se você preparou adequadamente seu solo, sua manutenção sazonal será bastante simples. A rega ocasional é tudo o que você precisa fazer para manter o solo úmido.

As plantas anuais não requerem fertilização adicional, pois seus bulbos armazenam os nutrientes necessários. As plantas perenes absorvem mais nutrientes do solo, portanto, ocasionalmente, fornecer-lhes um fertilizante inorgânico é uma boa ideia. No entanto, faça isso apenas durante os meses de cultivo e certifique-se de não adicionar muito, pois uma concentração alta pode queimar os bulbos.